Gens Lorenense

Posted by   on

Gens Lorenense


       (in memoriam Pe. Pedro Sacilotti)

Menino do Oratório de Dom Bosco,

nunca mais separou-se dos Salesianos.

O jovem padre ordenado,

foi morar com os indígenas xavantes,

que repeliam qualquer contato

com o mundo civilizado.


O Criador deseja que todos conheçam

a luz das letras e da graça.

A luz de cada homem pode ser somente sua,

mas se estiver aberta a todos os sentidos,

pode ser luz para o mundo.


A vida é assim...

e o tempo nos ensina a não desperdiçá-la.

Mas muitos preferem não viver,

para não gastar a alma,

encolhidos na concha da alienação.

 A vida tem de ser absorvida,

como um copo que se esvazia a cada gole bebido.

O dia queima enfim...

e o bom padre morre pelas mãos dos xavantes.

 Foi uma vida de meditação constante.

Em obra produtiva gastou sua vida.

Coração caridoso inundou a todos,

com generosidade e carinho.

 Sua presença nesta terra,

foi uma longa sequência de grandes exemplos.

Hoje, sua alma abençoada está nos céus do Espírito,

além de toda tristeza, pranto e desperdício.

  Regina Rousseau

Nenhum comentário:
Escreva um comentários

Deixe seu comentário, será muito bem vindo!

Faça você também parte do Ponto e anuncie conosco - Ponto Sistema de Marketing
Receba nossas Novidades